16 junho 2010

PEDRA

Pedra

O distraído nela tropeçou...
O bruto a usou como projétil.
O empreendedor, usando-a, construiu.
O camponês, cansado da lida, dela fez assento.
Para meninos, foi brinquedo.
Drummond a poetizou.
Já, Davi, venceu Golias, e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura...
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!
Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento


Autor Desconhecido

2 comentários:

Carlos Varoli disse...

Olá amiga Beatriz, seu blog também é ótimo, Visitarei sempre.
Um abraço,
Carlos espirita

Dany Garcia disse...

Olá,passei para fazer uma visitinha,gostei muito do que li aqui,realmente vai de cada um de nós, saber oque fazer com a pedra que está em nosso caminho.

Um grsnde beijo em seu ♥ e muita luz para sua vida!!!
Dany